Weby shortcut
logo_sem_fronteiras

Inglês sem fronteiras

Desenvolvido pelo Ministério da Educação (MEC) por intermédio da Secretaria de Educação Superior (SESu) em conjunto com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), o Programa Idiomas sem Fronteiras (IsF) tem como principal objetivo incentivar o aprendizado de línguas, além de propiciar uma mudança abrangente e estruturante no ensino de idiomas estrangeiros nas universidades do País.

O IsF foi elaborado com o objetivo de proporcionar oportunidades de acesso, através do Programa Ciência sem Fronteiras (CsF) e de outros programas de mobilidade estudantil, a universidades de países onde a educação superior é conduzida em sua totalidade ou em parte por meio de línguas estrangeiras. Neste sentido, suas ações também atendem a comunidades universitárias brasileiras que passam a receber um número cada vez maior de professores e alunos estrangeiros em seus câmpus. Para atender tal demanda, suas ações incluem a oferta de cursos a distância e cursos presenciais, além da aplicação de testes de proficiência.

Até 2014, somente alunos de graduação e pós-graduação stricto sensu podiam se inscrever para participar do Programa Inglês sem Fronteiras e fazer o teste do TOEFL iTP, geralmente aqueles que almejavam concorrer a uma bolsa de outro programa do MEC – o Ciência sem Fronteiras – e estudar em uma universidade no exterior. No final de 2014, por meio da Portaria n⁰ 973, de 14 de novembro, foi instituído o Programa Idiomas sem Fronteiras que tem como objetivo propiciar a formação e a capacitação em idiomas de estudantes, docentes e funcionários técnico-administrativos das Instituições de Educação Superior Públicas e Privadas e, ainda, de professores de idiomas da rede pública de educação básica, bem como a formação e a capacitação de estrangeiros em língua portuguesa.  As ações empreendidas no âmbito do Programa Idiomas sem Fronteiras serão complementares às atividades do Programa Ciência sem Fronteiras e de outras políticas públicas de internacionalização da educação superior.